Salvador se candidata na Unesco ao título de "Cidade da Música"

Cidade pode ser primeiro município brasileiro a fazer parte da Rede de Cidades Criativas da Unesco

Por

A candidatura de Salvador ao título de Cidade da Música, da Rede de Cidades Criativas da Unesco (Organização para a Educação, a Ciência e a Cultura das Nações Unidas) foi oficializada pelo prefeito ACM Neto, na companhia do cantor, compositor e instrumentista Carlinhos Brown.

Caso seja selecionado pela entidade, Salvador será o primeiro município brasileiro a fazer parte da Rede de Cidades Criativas da Unesco no âmbito da música.

A ideia é que essa titulação fortaleça a cultura local e promova internacionalmente a cidade para turismo e atração de investimentos no segmento da economia criativa. 

Motivada com o objetivo de potencializar os principais ativos da cidade – a cultura e o turismo –, e criar oportunidades para promover o desenvolvimento sustentável, a candidatura foi oficializada no último dia 15 por intermédio do Escritório Salvador Cidade Global, unidade administrativa do Gabinete do Prefeito que atua com a finalidade de desenvolver e coordenar o planejamento e a execução de programas especiais que contribuam para promoção internacional. O resultado sobre o título será divulgado em dezembro.

Para o prefeito ACM Neto, esse é um programa que poderá dar mais visibilidade ainda à projeção mundial da música produzida em Salvador. 

O prefeito ainda ressaltou que Salvador se tornando a Cidade da Música pela Unesco será intensificado o trabalho já realizado pela Prefeitura de promoção internacional da cidade.

Salvador conta com uma série de particularidades que faz dela uma cidade única, a exemplo da criação do ritmo samba reggae; do instrumento musical guitarra baiana; e a invenção do próprio trio elétrico.

 

Inscreva-se no Moozyca

Leia também

Sabia que o kuduro pode ter sido inspirado em Van Damme?

Quer ouvir Cúmbia? Não vá para Colômbia!

Diásporas musicais africanas no Brasil

DJ fala sobre o projeto Forrúmbia, que une forró e cúmbia em Berlim

O cientista da vanguarda baiana

Tropical Diáspora: a difusão da música afro-americana em Berlim dos anos 90

Criador da música por biocomputador revela obra exclusiva ao Moozyca

Equipe explica como criou o Ludwig‏, aplicativo de música para surdos


Inscreva-se no Moozyca