Jovens da música erudita se apresentam no Auditório Masp Unilever

Com ingressos a preços populares, orquestras subirão ao palco em 17 de julho 

Por

Orquestra Sinfônica HeliópolisMuito se sabe, na área da música erudita, o quanto é admirado o trabalho da Orquestra Sinfônica Heliópolis, tanto na formação de grandes talentos, quanto no que diz respeito à competência na execução de grandes clássicos. Nos dias 17 e 24 de julho, entretanto, será possível acompanhar mais de perto o resultado do trabalho de base desempenhado pelo Instituto Baccarelli, que promoverá, no Auditório Masp Unilever, a estreia das orquestras Infantojuvenil e Preparatória, sob a regência de Eduardo Bello e Fábio Almeida, respectivamente.

Ambas estarão diante do público em 17/7, às 16h. Antes, a própria Orquestra Sinfônica Heliópolis se apresentará sob a batuta de Edilson Ventureli, às 11h, do mesmo dia. Em 24/7, também às 11h, o Coral Avançado do Instituto Baccarelli levará ao público o espetáculo Do Pó ao Pó, que apresenta diferentes momentos sociais e políticos ao longo da história, retratando como a sociedade continua cometendo os mesmos erros, em uma performance que mescla canto e interpretação cênica a partir de um repertório recheado de músicas nacionais e internacionais.

Abrindo os trabalhos desta jornada (17/7, às 11h), a Orquestra Sinfônica Heliópolis terá, como convidado, o chileno Rubén Zúñiga ao vibrafone. Ele executará o “Concerto Para Vibrafone e Orquestra de Cordas”, de Emmanuel Séjourné, e, logo depois, o grupo interpretará a “Sinfonia nº 2 em Ré Maior, Op. 36”, de Ludwig van Beethoven.  Edilson Ventureli assumirá a batuta, a qual, geralmente, fica a cargo de Isaac Karabtchevsky, o maestro titular da formação.

Às 16h, no mesmo local, acontecerá a estreia das orquestras Preparatória e Infantojuvenil. A primeira, que atua sob coordenação e regência de Fábio Almeida, configura-se como um conjunto que contempla 33 integrantes com idades que variam de 8 a 15 anos. Criada em agosto de 2015, trata-se de um estágio anterior à orquestra Infantojuvenil. O repertório da apresentação contará com obras de Johann Sebastian Bach (“Suite Orquestral no 3 em Ré Maior, BWC 1068: Ária”), Antonio Vivaldi (“Concerto para Cordas em Rè Maior, RV 121”), Wolfang A. Mozart (“Pequena Serenata Noturna, KV 525: Excertos”), Astor Piazzolla (“Homenaje a Córdoba”) e Antônio José Madureira (“Toré”)

Quanto à apresentação da Infantojuvenil, tendo à frente o maestro Eduardo Bello, seus integrantes brindarão a plateia com as composições “Aftershock”, de Larry Clark, “Expressions”, de Bill Calhoun, “Prairie Trail”, de Jeffrey Bishop, “The Miller's Fiddler”, de Doris Gazda, “The Trapeze Waltz”, de Joseph Compello, e “Variations upon the Sailor's Hornipipe”, de Virginia Croft.

Auditório MASP Unilever

Endereço: Avenida Paulista, 1578

Dias e Horários: 17/7, às 11h e 16h;  24/7, às 11h

Duração: 60 minutos

Ingressos (preços populares): R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

Capacidade: 374 pessoas; há acesso para portadores de necessidades especiais
Vendas: bilheteria do Masp ou pela Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br ou 11/4003.1212)

Classificação: livre

 

 

Inscreva-se no Moozyca

Leia também

Temporada Osesp 2016 aposta na música como força humanizadora

Duo japonês divide palco com Meninos do Morumbi e Wadaiko Sho em São Paulo

Jazz nos Fundos reabre e inaugura Centro Cultural da Música Instrumental

Cantoras africanas que quebram paradigmas

Já sabe o que ver na Virada Cultural deste fim de semana?

Projeto Música no MCB divulga atrações de julho

OBMJ lança primeiro álbum inteiramente autoral baseado na cultura sci-fi

Sabia que o kuduro pode ter sido inspirado em Van Damme?


Inscreva-se no Moozyca