Paula Cavalciuk lança EP que mescla blues, MPB, jazz e pop

Single conta história de empregada que é obrigada a lidar com o autoritarismo

Por

Paula Cavalciuk (Foto: Divulgação)

A artista Paula Cavalciuk disponibilizou nesta quarta-feira (14 de outubro) seu EP de estreia, intitulado “Mapeia”. O registro, produzido por Ítalo Ribeiro e co-produzido por Gustavo Ruiz e Bruno Buarque, conta com quatro faixas: "Maria Invisível", "Inefable", "Antes de Nascer" e "Mapeia". Você pode ouvir na íntegra ou clicar aqui para baixar o disco, a arte e as letras.



O álbum conta com participação de João Leopoldo (piano), Gustavo Ruiz (baixo) Barba Marques (percussão), Diego Garbin (trompete) e Sergio Miguel (acordeom). A divulgação do registro começou em agosto com o lançamento do clipe ao vivo de "Maria Invisível", faixa que conta com um instrumental poderoso e satiriza o discurso de superioridade da elite brasileira.

A letra conta a história de uma empregada de família rica que é obrigada a lidar com o autoritarismo e falta de bom senso de seus patrões. Apesar de ignorada, "Maria Invisível" é responsável pelas principais tarefas da casa, inclusive educar os filhos de seus "chefes". O vídeo, dirigido por Daniel Bruson e Fabricio Vianna, foi gravado em Sorocaba-SP, cidade em que a banda reside. Confira!

Além da cantora (que nos shows também toca gaita, violão, percussão e kazoo), a banda é formada por Vinícius Lima (vocal/violão/viola caipira/guitarra), Gustavo Machado (baixo) e Ítalo Ribeiro (vocal/percuteria). As influências vão do pop rock ao sertanejo raiz, passando pelo MPB, blues, jazz e country.

Em 2014, Cavalciuk foi finalista do Prêmio Sorocaba de Música com “Maria Invisível” e, neste ano, sagrou-se campeã do mesmo festival com a faixa “Colecionador de Opiniões”. Nos shows, a artista também distribui fanzines feitos manualmente no esquema "pague quanto puder”. O formato resulta em interessantes sonoridades que dialogam com a mensagem da cantora, que usa a música para comunicar o que ela define como "realidade individualmente coletiva".

Inscreva-se no Moozyca

Leia também

Bedibê lança Envelhecer, com influências do samba ao rock

No Dia da Mulher Negra e Latina, celebre com música!

"Abrimos ainda mais o leque para novos estilos", conta guitarrista do Iconili

Por que nos EUA não tem batucada?

Com 81 anos, João Donato lança álbum de inéditas após 15 anos

DJ e produtor Felipe Soares lança disco autoral

Gabi Milino une folk, MPB e pop repleto de canções gostosinhas

Guerrilha lança primeiro disco e avisa: "onde houver golpe, haverá guerrilha"


Inscreva-se no Moozyca