Canto dos Malditos na Terra do Nunca está de volta

Banda baiana anuncia nova fase com “O Sol de Lá”

Clipe foi filmado durante shows realizados em 2014

Alguns lembrarão de uma banda de jovens que estourou lá pelos anos 2006 com uma música chamada "Olha a Minha Cara" na MTV... Pois bem, eram os baianos do Canto dos Malditos na Terra do Nunca. Depois de ganhar destaque no cenário nacional com seu disco de estreia, lançado pela Warner Music e produzido por Carlos Eduardo Miranda em parceria com Tomaz Magno, a banda optou por fazer uma pausa em 2007. Foi só no fim de 2013 que eles decidiram retomar as atividades, e o show de retorno aconteceu em Salvador ao lado dos conterrâneos Vivendo do Ócio.

Agora, os caras voltam anunciando uma nova fase com o lançamento de música inédita acompanhada de um videoclipe para “O Sol de Lá”, que você pode conferir abaixo.

Produzido por André T e editado pela vocalista Andrea Martins, a partir de registros feitos pela banda e amigos, o vídeo de "O Sol de Lá" foi filmado durante os shows realizados em 2014 pelo país e mescla imagens do público apaixonado com cenas de bastidores.

O segundo disco da carreira do CMTN já está em pré-produção, ainda sem data de lançamento. Um “crowdfunding” (financiamento coletivo) para sua gravação, em parceria com a plataforma Kickante, será lançado no dia 6/10. A campanha dará aos fãs da banda a chance de contribuir diretamente com o novo trabalho, recebendo em troca o disco novo e/ou recompensas especiais, de acordo com o valor da contribuição.

Criado em 2003 em Salvador, o Canto dos Malditos na Terra do Nunca ficou conhecido por suas letras poéticas e marcantes, compostas e cantadas de maneira original pela vocalista Andrea Martins. Formado por Helinho Sampaio (guitarra), Danilo Castor (guitarra) e David Castor (baixo), além de Andrea, o grupo recebeu em 2006 uma indicação na categoria “Banda Revelação” do Video Music Brasil (VMB), da MTV.

Inscreva-se no Moozyca

Leia também

Já sabe o que ver na Virada Cultural deste fim de semana?

Tropical Diáspora: a difusão da música afro-americana em Berlim dos anos 90

10 álbuns com 10 anos que ainda aparecem no shuffle do meu celular

Pela música, dormi na rua. Quem nunca?

Lee Ranaldo, ex-Sonic Youth, é atração do Mês da Cultura Independente

"A paz, como a música, é uma necessidade universal”

O cientista da vanguarda baiana

Discoteca criada por Mário de Andrade completa 80 anos


Inscreva-se no Moozyca