10 músicas para comemorar o Dia do Nordestino em grande estilo no Moozyca

Do rap ao baião, selecionamos músicas pra embalar a luta e a alegria dos nordestinos

Apesar de ser o berço de grande parte dos intelectuais brasileiros, da literatura à música, o Nordeste sofre com o preconceito e com a opressão de parte da elite que domina essa budega que insistem em chamar de país.

Uma região rica em cultura própria, que eternizou suas raízes por meio da arte, com expressões autênticas e profundas, como os versos do cordel e a malemolência do baião. 

Bom, mas chega de papo, pra embalar a luta e a alegria dos nordestinos neste dia de festa, vamos de som:

Toda Menina Baiana – Caetano Veloso e Gilberto Gil, ao vivo em São Paulo (Não dá falar de música nordestina sem eles, né?)

Repente - Quinteto Armorial (Ah, meu amigo, isso é bom demais...)

Capoeira Mata Um - Jackson do Pandeiro (E o Jackson do Pandeiro? Cê é loko, toca muito... )

Mistério do Planeta - Novos Baianos (Mano, Novos Baianos é outro nível... Sem comentários, só ouve. )

Numa sala de reboco - Luiz Gonzaga (O pai de tudo. Rei da p.... toda.)

Marina - Dorival Caymmi (Que vontade de ir pra praia :/)

Como Nossos Pais – Belchior (Aposto que você nem sabia que a música era dele...)

Não é Fácil - Costa a Costa (Rap, tio. E do bom. Muito bom por sinal...)

Sessão das Dez – Raul Seixas (O rei do rock arriscando um breguinha...)

Maracatu de Tiro Certeiro – Nação Zumbi (Pra fechar com chave de ouro.)

Ops... E mais um remendo do editor (faixa bônus): Ouça essa da dupla Caju & Castanha - Besouro Mangangá:

 

Inscreva-se no Moozyca

Leia também

De cachorra à poderosa: o vestuário do funk na periferia do Rio

“O rap é minha arma contra o preconceito que encontrei em SP”, diz Manno G

Conheça os cinquentenários ‘reiseiros’ do povoado de Castanhão, na Bahia

O cientista da vanguarda baiana

Como a música fala sobre a epidemia de ebola?

Já sabe o que ver na Virada Cultural deste fim de semana?

No Dia da Mulher Negra e Latina, celebre com música!

A história da aparelhagem de som que embalou os Bailes da Saudade de Belém


Inscreva-se no Moozyca