Festa de jazz e MPB da gravadora Borandá traz atrações ao JazzB em SP

Programa traz destaques da música instrumental e cantada da cena atual

Neymar Dias & Igor Pimenta, Paula Santoro, Paulo Padilha e Marco Pereira & Toninho Ferragutti tocam no JazzB

Quatro apresentações musicais em uma única noite, com os artistas Neymar Dias & Igor Pimenta, Paula Santoro, Paulo Padilha e Marco Pereira & Toninho Ferragutti tocando e cantando em sequência. Este é o “menu” da Festa da Borandá, que acontece nesta terça-feira (8/12) no bar JazzB, no Centro de São Paulo.

Em parceria com a gravadora e produtora Borandá, a casa dedicada a apresentações de jazz e MPB JazzB celebra o final do ano com amigos, músicos e parceiros em uma noite totalmente dedicada a artistas da Borandá. Nesta noite de muitos encontros, haverá espaço para surpresas e outras canjas, entre elas as de Gisella Gonçalves e Fernando Grecco, músicos e diretores da Borandá.

Saiba mais sobre as atrações:

Paula Santoro - Apresenta-se em duo com o pianista Rafael Vernet, trazendo no repertório canções de seu CD Mar do Meu Mundo (Borandá, 2012), sempre com temática marinha - não apenas o mar como elemento da natureza, mas também o “mar interior” de cada pessoa, com suas turbulências, calmarias e mistérios.

 
Paulo Padilha - Mostra parte de suas composições do CD-livro Na Lojinha de Um Real Eu Me Sinto Milionário (Borandá, 2012), no qual narra, com humor peculiar, o cotidiano de um músico brasileiro em uma caótica metrópole latino-americana do século XXI.

Marco Pereira & Toninho Ferragutti - O violão e o acordeão talvez sejam os instrumentos mais populares do Brasil. Ao longo de nossa história musical, foram marcantes na formação de gêneros e estilos, e ainda hoje continuam presentes de Norte a Sul do país. Dois dos principais representantes desses instrumentos se uniram e lançaram o álbum Comum de Dois (Borandá, 2014) para provar que, em dueto, o “pinho” e o “fole” permitem uma rica experiência artística.

 Neymar Dias & Igor Pimenta - Com base no CD Come Together Project (Borandá, 2015), apresentam arranjos instrumentais para composições dos Beatles, especialmente elaborados para uma formação de viola caipira e contrabaixo. Sempre com profundo respeito pela obra da seminal banda inglesa, as releituras da dupla escapam da mera cópia estilo “cover” e buscam uma espécie de redução orquestral de viola e contrabaixo dos arranjos originais.

 

Inscreva-se no Moozyca

Leia também
Toninho Ferragutti, Renato Borghetti e Mestrinho homenageiam o acordeão

Toninho Ferragutti, Renato Borghetti e Mestrinho homenageiam o acordeão

Ricardo Herz Trio convida Toninho Ferragutti

Ricardo Herz Trio convida Toninho Ferragutti

Viagens lisérgicas, rituais e experimentações viram disco

Viagens lisérgicas, rituais e experimentações viram disco

Quarteto KVAR abre agosto no projeto Música no MCB

Quarteto KVAR abre agosto no projeto Música no MCB

“Morte e Vida Uterina” anuncia o novo trabalho de Paula Cavalciuk

“Morte e Vida Uterina” anuncia o novo trabalho de Paula Cavalciuk

Já sabe o que ver na Virada Cultural deste fim de semana?

Já sabe o que ver na Virada Cultural deste fim de semana?

Morre apresentador do programa "Ensaio" da TV Cultura

Morre apresentador do programa "Ensaio" da TV Cultura

Quarteto de sopros Sax Bem Temperado lança o CD "Caminhando" no projeto Música no MCB

Quarteto de sopros Sax Bem Temperado lança o CD "Caminhando" no projeto Música no MCB

"Fazer arte exige mais do que bater cartão", afirma regente

"Fazer arte exige mais do que bater cartão", afirma regente

Sabia que o kuduro pode ter sido inspirado em Van Damme?

Sabia que o kuduro pode ter sido inspirado em Van Damme?

Paula Cavalciuk lança EP que mescla blues, MPB, jazz e pop

Paula Cavalciuk lança EP que mescla blues, MPB, jazz e pop

Carnavalores e tentativas de domesticação e controle da festa

Carnavalores e tentativas de domesticação e controle da festa

Inscreva-se no Moozyca

Banner Moozyca