Festa de jazz e MPB da gravadora Borandá traz atrações ao JazzB em SP

Programa traz destaques da música instrumental e cantada da cena atual

Neymar Dias & Igor Pimenta, Paula Santoro, Paulo Padilha e Marco Pereira & Toninho Ferragutti tocam no JazzB

Quatro apresentações musicais em uma única noite, com os artistas Neymar Dias & Igor Pimenta, Paula Santoro, Paulo Padilha e Marco Pereira & Toninho Ferragutti tocando e cantando em sequência. Este é o “menu” da Festa da Borandá, que acontece nesta terça-feira (8/12) no bar JazzB, no Centro de São Paulo.

Em parceria com a gravadora e produtora Borandá, a casa dedicada a apresentações de jazz e MPB JazzB celebra o final do ano com amigos, músicos e parceiros em uma noite totalmente dedicada a artistas da Borandá. Nesta noite de muitos encontros, haverá espaço para surpresas e outras canjas, entre elas as de Gisella Gonçalves e Fernando Grecco, músicos e diretores da Borandá.

Saiba mais sobre as atrações:

Paula Santoro - Apresenta-se em duo com o pianista Rafael Vernet, trazendo no repertório canções de seu CD Mar do Meu Mundo (Borandá, 2012), sempre com temática marinha - não apenas o mar como elemento da natureza, mas também o “mar interior” de cada pessoa, com suas turbulências, calmarias e mistérios.

 
Paulo Padilha - Mostra parte de suas composições do CD-livro Na Lojinha de Um Real Eu Me Sinto Milionário (Borandá, 2012), no qual narra, com humor peculiar, o cotidiano de um músico brasileiro em uma caótica metrópole latino-americana do século XXI.

Marco Pereira & Toninho Ferragutti - O violão e o acordeão talvez sejam os instrumentos mais populares do Brasil. Ao longo de nossa história musical, foram marcantes na formação de gêneros e estilos, e ainda hoje continuam presentes de Norte a Sul do país. Dois dos principais representantes desses instrumentos se uniram e lançaram o álbum Comum de Dois (Borandá, 2014) para provar que, em dueto, o “pinho” e o “fole” permitem uma rica experiência artística.

 Neymar Dias & Igor Pimenta - Com base no CD Come Together Project (Borandá, 2015), apresentam arranjos instrumentais para composições dos Beatles, especialmente elaborados para uma formação de viola caipira e contrabaixo. Sempre com profundo respeito pela obra da seminal banda inglesa, as releituras da dupla escapam da mera cópia estilo “cover” e buscam uma espécie de redução orquestral de viola e contrabaixo dos arranjos originais.

 

Inscreva-se no Moozyca

Leia também

Já sabe o que ver na Virada Cultural deste fim de semana?

Quarteto de sopros Sax Bem Temperado lança o CD "Caminhando" no projeto Música no MCB

Quarteto KVAR abre agosto no projeto Música no MCB

Arrigo Barnabé, Siba e Metá Metá se apresentam no El Grande Concerto

Lo-Fi Jazz Festival anuncia New York Gypsy All Stars

Lee Ranaldo, ex-Sonic Youth, é atração do Mês da Cultura Independente

DJ e produtor Felipe Soares lança disco autoral

Heineken Up on the Roof contará pela primeira vez com shows musicais

Inscreva-se no Moozyca