Escolas ocupadas recebem Criolo e Paulo Miklos

700 artistas, como Edgard Scanadurra e Maria Gadú, apoiam a Virada Ocupação

Já são mais de 200 escolas ocupadas em São PauloSó aumenta a lista de apoiadores ao movimento dos estudantes – de fazer resistência ao fechamento de mais de 90 escolas pelo Governo de São Paulo. Os alunos já ocupam mais de 200 escolas no Estado para chamar a atenção para a questão do ensino. O sistema chamado pelo governador Geraldo Alckmin de “reorganização” do ensino tem sido visto por críticos e educadores como medida nociva à educação pública.

Esses meninos é que estão dando força para nós [adultos]. É tanto desperdício sucatear as escolas e tratar mal os professores - Criolo

O movimento de ocupação dos estudantes começou com o apoio de professores, trabalhadores de escolas, pais e alunos, e agora passa a receber formalmente a participação de artistas, como Criolo, Paulo Miklos (Titãs), Edgard Scanadurra (Ira) e a cantora Maria Gadú. Eles farão a Virada Ocupação (uma espécie de Virada Cultural alternativa) neste fim de semana. Os shows deverão ocorrer em duas escolas, que só serão divulgadas na véspera das apresentações, por razões de segurança aos alunos.

"É humilhante, é uma vergonha. Esses meninos estão implorando pelo básico que é deles, uma escola", disse o rapper Criolo em entrevista emocionada à revista trip. Segundo o artista, o movimento dos estudantes é legítimo e merce a atenção da sociedade. “Esses meninos é que estão dando força para nós [adultos]. É tanto desperdício sucatear as escolas e tratar mal os professores”, afirmou.

Criolo é um forte contestador do sistema e suas letras cravam críticas contra opressão policial, desigualdade social, tráfico de drogas e descaso com a educação pública. Na música “Duas de Cinco”, do álbum Convoque seu Buda (2014), o artista canta: “Sorte é pras crianças / Que vê o professor / Em desespero na miséria / Que no meio do caminho / Da educação havia uma pedra”.

Festival Virada Ocupação

A inciativa do festival é da ONG Minha Sampa, que argumenta em seu perfil no facebook: “Nesse exato momento, estudantes resistem bravamente a todo tipo de pressão feita pelo governo do estado, que trata o assunto como caso de polícia, e não com diálogo. Em apoio aos direitos de todos os alunos e a uma educação de qualidade, iremos ocupar as escolas com arte”.

Artistas de música, dança, teatro, circo e poesia podem apoiar e participar por meio de cadastro no site da Virada Ocupação.  As apresentações destinam-se a alunos que estão resistindo nas escolas e apoiadores do movimento.

Em entrevista ao Estadão, Paulo Miklos fez duras críticas ao governo Alckmin, afirmando que não souberam “reagir democraticamente às demandas legítimas dos jovens”.

Inscreva-se no Moozyca

Leia também
Já sabe o que ver na Virada Cultural deste fim de semana?

Já sabe o que ver na Virada Cultural deste fim de semana?

Criolo e Ivete Sangalo fecham turnê Tim Maia com críticas

Criolo e Ivete Sangalo fecham turnê Tim Maia com críticas

Virada Virtual serve de esquenta para a Virada Cultural paulistana

Virada Virtual serve de esquenta para a Virada Cultural paulistana

Festival "Brasilândia na Cena" termina neste sábado

Festival "Brasilândia na Cena" termina neste sábado

20 músicas para comemorar o afastamento do Eduardo Cunha

20 músicas para comemorar o afastamento do Eduardo Cunha

Carnavalores e tentativas de domesticação e controle da festa

Carnavalores e tentativas de domesticação e controle da festa

De cachorra à poderosa: o vestuário do funk na periferia do Rio

De cachorra à poderosa: o vestuário do funk na periferia do Rio

Rota alternativa: três coisas que você não viu na virada cultural

Rota alternativa: três coisas que você não viu na virada cultural

15ª edição do Festival de Ourinhos começa sábado

15ª edição do Festival de Ourinhos começa sábado

Movimento Música Pela Democracia ocupa o Largo da Batata por oito dias

Movimento Música Pela Democracia ocupa o Largo da Batata por oito dias

Criador da música por biocomputador revela obra exclusiva ao Moozyca

Criador da música por biocomputador revela obra exclusiva ao Moozyca

"Fazer arte exige mais do que bater cartão", afirma regente

"Fazer arte exige mais do que bater cartão", afirma regente

Inscreva-se no Moozyca

Banner Moozyca