Sesc Santana apresenta projeto "Adonirando, causos e canções"

As composições de Adoniram Barbosa serão apresentadas pelo Núcleo Canto Poético

Por

O mestre Adoniran posa para a foto no Viaduto do Chá

Quem estiver em São Paulo de bobeira tem um bom programa para o meio de semana. Nesta quarta-feira, 2 de março, às 15h, tem show em homenagem a Adoniran Barbosa no Sesc Santana - que fica na zona norte da capital paulista. O espetáculo se chama "Adonirando, causos e canções", e é realizado pelo Núcleo Canto Poético, formado pelo ator Marco Antônio Garbellini e pelo músico William Vasconcelos.

Desde 2010, eles interpretam o vasto repertório de clássicos do cantor e compositor. Entre as que sempre são tocadas e aclamadas pelo público, estão hits como Trem das Onze, Saudosa Maloca, Iracema, As Mariposa, Malvina, Samba do Arnesto, Tiro ao Álvaro, Tocar na Banda, entre outras que revelam seu caráter popular e urbano.

Pra quem não conhece bem a história do cantor, Adoniran Barbosa teve sucesso tardio, apesar de ter iniciado sua carreira musical cedo em programas de rádio. Após o sucesso, na velhice, Adoniram teve suas composições gravadas por artistas consolidados, como a grande intérprete Elis Regina.

Serviço:
Adonirando, causos e canções
2/3, quarta-feira, às 15h
Av. Luiz Dumont Villares, 579 - Jd. São Paulo.
Ingressos: R$ 6,00 a R$20,00
Grátis para maiores de 60 anos
Recomendação etária: Livre
Teatro. Capacidade: 330 lugares.
Acesso para deficientes - estacionamento - ar condicionado
Estacionamento - R$5,50 a R$11 período do espetáculo.

Para informações sobre outras programações ligue 0800-118220 ou acesse o portal www.sescsp.org.br

Funcionamento da bilheteria do SESC Santana - de terça a sábado, das 9h às 21h e aos domingos, das 10h às 18h.

Inscreva-se no Moozyca

Leia também

Sesc apresenta "Carmina Burana", de Carl Orff, com entrada gratuita

Sesc Santana apresenta programação musical gratuita em agosto

A história da aparelhagem de som que embalou os Bailes da Saudade de Belém

Big Band EMESP encerra programação de outubro do projeto Música no MCB

"Fazer arte exige mais do que bater cartão", afirma regente

Estreia hoje documentário sobre obra do bandolinista Octávio Dutra

Criolo e Ivete Sangalo fecham turnê Tim Maia com críticas

Sabia que o kuduro pode ter sido inspirado em Van Damme?


Inscreva-se no Moozyca