BreakDance: na trilha do hip hop

Filme trata das danças tradicionais e urbanas em uma trama clássica do cinema

Por

Filme BreakDance (1984)O boom do hip hop chegou às telonas do cinema norte-americano em 1984, com os filmes “Beat Street” e "BreakDance", este último também conhecido como  "Breakin". O filme trata das danças tradicionais e urbanas em uma trama clássica do cinema.

O LP do filme, além de ser um dos meus achados e tesouro, foi fonte inspiradora da mix tape e vinil que lancei, primeiro em 2013, e depois em 2016, chamado “Eternamente Break Dance Vol.2”.

O filme em si sofreu diversas críticas dos pioneiros do hip hop - pelas falhas históricas, estereótipos, figurinos e generalizações contidos no filme. Porém, musicalmente, é um filme perfeito!

Os destaques vão para as faixas do duo Ollie & Jerry, além da banda Bar Kays, Ruffus, Chaka Kan, Fire Fox e muito mais.

O filme segue o clichê dos filmes de dança que são produzidos até hoje: uma jovem dançarina de jazz e ballet conhece as danças de rua e um novo amor. Nessa descoberta, ela entra no mundo das rodas de danças, batalhas e cypher entre as gang e crews. E no fim do filme... (não vou contar o final né... assista o filme).

Bora de som e vídeos desse filme e sua trilha sonora, que apresentou para nossos antecessores aqui no Brasil e no mundo mais um pouco dessa cultura maravilhosa que é o hip hop!

Pra mim, a melhor do LP: Fire Fox - Street People

Freakshow on the Dance Floor/Bodywork

 

Rufus & Chaka Khan - Ain't Nobody 

Assista ao filme completo abaixo

Inscreva-se no Moozyca

Leia também

Sabia que o kuduro pode ter sido inspirado em Van Damme?

Carnaval da Muda celebra a música instrumental em janeiro

Indicados para Melhor Canção Original no Oscar 2016 vão do pop à ópera

“O hip hop é uma religião”, diz Zibordi, jornalista e pesquisador

Viagens lisérgicas, rituais e experimentações viram disco

Alemães do Raggabund trazem seu som multicultural para a América do Sul

Lo-Fi Jazz Festival anuncia New York Gypsy All Stars

Erivan contou ao Moozyca como o Rap o levou do Castelo Encantado à Finlândia


Inscreva-se no Moozyca